© 2014 by sxkungfu. - Todos os direitos reservados

Rua Dr. João Alves dos Santos, Jd. das Paineiras - Campinas

Tel: (19)-99600-7178 Tel: (11) 98926-0562

shenxinkungfu@gmail.com

SHANTUNG MANTIS INTERNATIONAL ASSOCIATION

"Não te deixes vencer pelo mal, mas vence o mal com o bem."

 - Provérbios 11,17

CHUN WAH CHINESE MARTIAL ARTS ASSOCIATION

ESTILO

LOUVA A DEUS

LOUVA A DEUS 7 ESTRELAS E LOUVA A DEUS TAIJI

Estilo rápido e poderoso, seus golpes e defesas alternam entre movimentos rígidos e suaves, buscando sempre  controlar os braços do oponente e abrir espaços para atacar.

Tan Lan Quan (Punho do Louva-a-Deus), foi criado por Wang Lang entre o final da dinastia Ming e início da Dinastia Ching, há mais de 300 anos. Wang Lang, que se opunha a Ocupação da China pela manchúria, decidiu aprender o estilo de Kung Fu Shaolin para tornar-se assim um melhor lutador e combater os invasores. Com isso juntou-se ao templo Shaolin na província de Honan.

Devido as revoluções, guerras e as mudanças políticas, o templo de Shaolin, que era autônomo, não precisando acatar certas regras impostas pelos  governantes tornou-se um santuário e refúgio de rebeldes remanescentes. Em fúria o imperador ordenou que o templo fosse queimado e todos os monges fossem mortos. Wang Lang, juntamente com muitos outros monges,  foram forçados a fugir e se tornaram Nômades, indo de província em província para escapar da morte e da prisão. Somente após um tempo quando já se sentiam seguros das perseguições, eles foram até um templo localizado na montanha Lao na província de Shantung e ali continuaram seus estudos religiosos, e a desenvolver sua prática marcial. Com os ensinamentos novamente sendo passados a diante Wang Lang e seu irmão monge sênior tornaram se líderes de seu grupo. Wang Lang, embora tivesse uma habilidade bastante apurada no Kung Fu Shaolin, não era capaz de superar a habilidade de seu irmão monge sênior. Constantemente faziam disputas para testar suas habilidades e treinavam juntos. Certa ocasião, com a ausência prolongada de seu irmão, Wang Lang estava descansando em um bosque quando ouviu um som que lhe chamou atenção. Sobre a vegetação estava um inseto de aparência muito peculiar. Esse inseto estava lutando contra uma grande cigarra e, embora tivesse um tamanho muito inferior a de seu agressor, o inseto já havia com ferocidade arrancado as pernas da cigarra utilizando suas rápidas e potentes garras. Wang Lang ficou intrigado e inspirado pela maneira com a qual aquele pequeno Louva-a-Deus havia derrotado aquela cigarra. Levando consigo o Louva-a-Deus, ele passou a observar suas ações e estudar todos seus movimentos e percebeu que aqueles movimentos se assemelhavam e podiam ser adaptados para uma luta, esse foi o início da criação de um estilo bastante peculiar de combate.

Após desenvolver algumas técnicas básicas e algum tempo de treino, mais uma vez foi fazer uma disputa com seu irmão e dessa vez foi capaz de derrotá-lo. Seu irmão ficou bastante impressionado com sua movimentação e técnica e passaram então a estudar, estruturar e complementar esse efetivo estilo utilizando mais 17 técnicas de outros estilos já existentes.

Além dessas 17 técnicas principais foram acrescentadas algumas outras  como Monkey Steps, que são oito bases e movimentações de pernas da técnica do macaco e mais exercícios de respiração Shaolin Louhan Gong, técnica da Palma de Ferro e diversas armas dos estilos do Norte. Essas técnicas formaram uma estrutura base que tem em seu fundamento 12 palavras chave, 8 métodos rígidos e 12 suaves, formando assim um belo e completo sistema ao qual deram o nome de Tang Lang Quan (Punhos de Louva-a-Deus ou Boxe do Louva-a-Deus). Acredita-se que a primeira forma do estilo Louva-a-Deus criada no Templo por Wang Lang se chama “Bung Bo” (Passo Esmagador).  Com o passar dos anos e gerações de mestres, o Estilo Louva-a-Deus se desenvolveu em diversos estilos um deles foi o Qixing Tanglang Quan (Louva-Deus 7 estrelas).

 

O Louva-a-Deus 7 estrelas (em chinês: 七星 螳螂 拳 - Qi Xing tángláng Quan) - Se deu inicio a partir da 3ª geração do Louva a Deus. Seu idealizador foi o Mestre Wang Yunsheng. Wang já era um conhecido lutador e perito em Kung Fu quando teve seu primeiro contato com seu Mestre Li Zhijian, que após aprender o estilo e adquirir uma habilidade extraordinária no estilo, Wang acrescentou seus conhecimentos que possuía e o nomeou como Louva a Deus Sete estrelas. Esta ramificação do Louva a Deus viria a se tornar bastante difundido na Província de Shandong e áreas circunvizinhas através das próximas gerações e especialmente pelo mestre Luo Guangyu na associação Jing Wu. O estilo Sete estrelas é considerado por muitos como o estilo que mais enfatisa os principios rígido da família de estilos Louva-a-Deus, no entanto, ele também utiliza muito dos princípios suaves do estilo.

 

Louva-a-Deus Punho Supremo (em chinês: 太极 螳螂 拳 - Taiji tángláng Quan) - Assim como os demais estilos de Louva a Deus descende de Wang Lang que teria ensinado diretamente para o Mestre Hou Zhi Yuan. Um dos mestres mais famosos desse estilo no mundo todo foi Zhao Zhu Xi, que se diz ter ensinado (direta e indiretamente) milhares de estudantes durante a sua vida no Vietnam e Hong Kong, formando outros grandes mestres que difundiram e espalharam esse estilo para todos os cantos do mundo. Mestre Zhao recebeu o apelido cantonês Chuk Kai, que significa “Rio Bamboo”, esse apelido faz referencia a uma famosa batalha que ele teria lutado contra bandidos no local conhecido como Rio Bamboo. Este estilo se tornou prevalente em lugares como a Coreia, Hong Kong, Vietnã e América do Norte. É um estilo bastante rápido e que enfatiza os princípios suaves do Louva a Deus, sendo considerado assim a variação mais suave dentre todos os estilos de Louva a Deus do Norte.