© 2014 by sxkungfu. - Todos os direitos reservados

Rua Dr. João Alves dos Santos, Jd. das Paineiras - Campinas

Tel: (19)-99600-7178 Tel: (11) 98926-0562

shenxinkungfu@gmail.com

SHANTUNG MANTIS INTERNATIONAL ASSOCIATION

"Não te deixes vencer pelo mal, mas vence o mal com o bem."

 - Provérbios 11,17

CHUN WAH CHINESE MARTIAL ARTS ASSOCIATION

CHOW GAR

ESTILO LOUVA A DEUS DO SUL

O estilo Chow Gar Kung Fu é altamente eficiente, prezando aspectos de autodefesa e incapacitação do oponente.  Ataques, bloqueios e defesas são executadas de forma rápida e mais econômica possível. Um dos conceitos básicos do estilo se destina a causar lesão máxima através do conhecimento dos pontos vitais do corpo.

A história do estilo Louva a Deus Chow Gar foi transmitida em sua maior parte por seus mestres, com pouca documentação oficial até meados 1900. As bases do estilo Chow Gar são similares a outras artes marciais da comunidade Hakka, e com referências a monastérios.

O estilo Chow Gar Kung Fu foi concebido como uma arte marcial altamente eficiente, prezando aspectos de autodefesa e incapacitação do oponente. Os métodos de treinamento são inteiramente aplicáveis em situações de autodefesa, isso porque as formas de treinamento e a função deste estilo são os mesmos. Ataques (incluindo bloqueios e defesas) são executadas da forma rápida e mais econômica possível. A maioria das técnicas individuais têm mais de uma forma de ser aplicada e na maioria das vezes a combinação delas é aplicada de maneira simultânea.

Um dos conceitos básicos do estilo se destina a causar lesão máxima através do conhecimento dos pontos vitais do corpo. A arma básica usada no estilo é conhecida como o punho de olhos Phoenix, que apresenta uma única junta estendida. O punho de olhos Phoenix é uma arma de propósitos múltiplos, mas sua função principal é atacar pontos vitais sensíveis do corpo usando a junta saliente. O objetivo desse tipo de golpe é concentrar o máximo de poder do ataque em um pequeno ponto, causando assim grave dano juntamente com a utilização da energia que deve penetrar profundamente no corpo do atacante, causando lesões internas graves e desequilíbrio no chi.

O Estilo Chow Gar Louva a Deus do Sul não é um esporte.

Este sistema foi desenvolvido sob os auspícios da tradição monástica chinesas. Naquela época, o mundo era um local perigoso e turbulento. As artes marciais eram treinadas a sério por pessoas que esperavam poder contar com eles em algum momento. Hoje em dia, as coisas são diferentes e por isso muitos dos sistemas marciais antigos foram adaptados à concorrência, e novos estilos foram desenvolvidos especificamente para o esporte. Chow Gar não é um desses estilos. Devido a forma fechada que ele foi mantido, sendo praticado por poucos mestres e passado de maneira estreita para poucos discípulos, o estilo Chow Gar se manteve fiel a sua criação. As técnicas de pontos vitais sutis e treino conjunto de energia que o diferenciam da maioria das artes, juntamente com o trabalho focado na utilização de 100% das técnicas na aplicação real, o torna impraticável em uma competição esportiva. Até mesmo suas formas são executadas de maneira técnica o que o torna “feio” se comparado a outros estilos modificados para possuírem uma beleza plástica.  Talvez por estas razões, hoje o estilo Chow Gar ainda se mantém um estilo menos difundido e não muito praticado abertamente.

O estilo Chow Gar Louva a Deus do Sul, enfatiza o cultivo da energia Chi como um aspecto fundamental da arte. Essa energia é um componente integral do estilo,   necessária para o desenvolvimento e execução de técnicas eficazes. Simultaneamente com a aplicação nas técnicas marciais, trabalhar o chi traz consigo os benefícios do aumento da saúde a longo prazo.

O criador do estilo foi Chow Ah Naam que após permanecer no Templo durante muitos anos,  passou sua arte para outros monges. Um desses monge era Wong Fook Go. Wong Fook Go tornou-se muito hábil no estilo Chow Gar e nos anos posteriores, começou a viajar por todo o país, pregando o Budista e em busca da iluminação.

 

Foi durante uma de suas viagens pela região de Tung Kong que  ouviu sobre uma jovem que estava dando uma demonstração de suas artes marciais.  Ao ver as habilidades daquele jovem, Mestre Wong viu um grande potencial nele.  Seis anos depois, o monge tinha passado todos os seus conhecimentos para Lau Soei, e o mestre e aluno se separaram. Wong Fook Go continuou a viajar e buscar sua iluminação.  Lau Soei obteve uma habilidade superior nas técnicas do estilo e como um gesto de respeito ao seu Sifu e Sigung, nomeou seu sistema de combate Louva a Deus da Família Chow. Fundou escolas na China, onde muitos milhares de estudantes vieram para aprender com o grande Mestre Lau.

 

Na era moderna, Lau Soei é reconhecido tanto pelos praticantes Chow Gar e Chu Gar como o principal promotor deste estilo. As maiores autoridades em Chow Gar hoje são os alunos de Yip Shui e suas escolas podem ser encontrados em todo o mundo e agora no Brasil através da Shen Xin Kung Fu Tradicional.